quarta-feira, 16 de abril de 2014

Biscoitos de Páscoa decorados



Uns anos atrás eu fiz bolos e doces por encomenda para complementar minha renda. Foram dois anos em que aprendi muita coisa, inclusive a valorizar quem vive da confeitaria, que pode ser uma atividade muito prazerosa, mas não é nada fácil.

A Páscoa e o Natal eram as épocas do ano mais agitadas. Para essas duas ocasiões, entre outras coisas, eu fazia bolachinhas decoradas com glacê. Comecei com a receita tradicional de biscoitos de gengibre, que depois adaptei com chocolate para a Páscoa.

Sábado passado fiz uma oficina de biscoitos de Páscoa decorados para crianças. Foram 3 horas muito divertidas para todas nós. Depois aproveitei o ânimo e fiz mais algumas bolachinhas para presentear.


Oficina de biscoitos de Páscoa decorados para crianças

Se você se animar, ainda dá tempo para a Páscoa, ou dá para aproveitar o feriadão prolongado e se divertir com as crianças. O importante não é a estética e sim a diversão!



Biscoitos de chocolate 

2 xícaras de farinha de trigo branca
1 xícara de açúcar mascavo
1 ovo
100 g de manteiga ou margarina à temperatura ambiente
1 colher (sopa) de chocolate em pó
1 colher (café) de bicarbonato de sódio
Rolo de abrir massa
Farinha de trigo para polvilhar
Cortadores de biscoitos em formatos diversos


Misture muito bem todos os ingredientes. A massa ficará grudenta no começo. Embrulhe a massa em filme plástico e coloque 10 minutos no freezer, caso você vá assar as bolachinhas logo em seguida, ou mantenha na geladeira por até uma semana.

Aqueça muito bem o forno, unte com manteiga ou margarina um tabuleiro grande e cubra-o com papel manteiga.

Retire a massa da geladeira ou freezer. A massa com margarina é mais fácil de manipular, mas obviamente ela fica mais gostosa com manteiga.

Polvilhe farinha na bancada onde você irá abrir a massa. Pegue punhados de massa, massageie bem e abra com o rolo, certificando-se de manter a parte de baixo enfarinhada para não grudar na bancada. Corte os biscoitos e transfira-os cuidadosamente para o tabuleiro.

Asse em forno bem quente por 12 minutos. É bom usar um cronômetro para não deixar os biscoitos queimarem, mas se você não tiver um, basta observar os biscoitos e retirá-los do forno quando a borda começar a dourar.

Use uma espátula fina para transferir os biscoitos para uma gradinha ou outra superfície onde eles possam terminar de endurecer, pois eles saem do forno meio molinhos ainda.

Depois que estiverem bem frios, guarde-os em uma lata ou pote bem fechado.

Oficina de biscoitos de Páscoa decorados para crianças


Como preparar o glacê

Eu uso glacê real industrializado das marcas Mix ou Arcólor, por ser mais seguro (no sentido de não ser tão perecível quanto o glacê caseiro) e  mais fácil de usar. É só seguir as instruções da embalagem. Muito cuidado para não colocar água em excesso, porque o glacê não seca (já aconteceu comigo). Você deve colocar só a quantidade mínima de água suficiente para hidratar todo o pó e mexer a mistura. Para meio pacote de glacê (500 g), comece com 50 ml de água e, se necessário, adicione no máximo 10 a 20 ml a mais.

Bata 10 minutos na batedeira e quando terminar, mantenha sempre o glacê coberto com um pano úmido para não ressecar.

Metade de um pacote de glacê é suficiente para confeitar cerca de 100 bolachas médias.

Você também pode preparar glacê caseiro assim: peneire açúcar de confeiteiro (como Glaçúcar da União) em uma tigela. Hidrate-o com leite morno, adicionado aos poucos, às colheradas, com cuidado para não ficar muito mole. Misture bem e por fim adicione algumas gotas de sumo de limão.

Para colorir o glacê, utilize de preferência corante alimentício em forma de gel (os corantes SoftGel Mix são bem bons).  Evite corantes líquidos.

Separe o glacê em tantas tigelinhas quantas forem as cores que você pretende preparar. Em cada uma delas, coloque umas gotinhas de corante e misture muito bem. Comece com pouco e vá acrescentando mais corante até chegar à cor desejada. Lembre-se de manter as tigelinhas tampadas para o glacê não ressecar.

Para confeitar, você vai precisar de sacos de confeitar descartáveis ou reutilizáveis e bicos de confeitar do tipo perlê (redondinho) número 1. Coloque o bico de confeitar no saco, coloque 2/3 do glacê colorido, amarre o saco e reserve. Esse glacê será usado para contornar os biscoitos ou as áreas coloridas.

Agora pegue o 1/3 de glacê colorido que restou na tigela e comece a colocar água, menos de uma colher de café por vez. Misture bem e vá testando a consistência. Muito cuidado para não exagerar na quantidade de água. O ponto certo é quando o glacê adquire a consistência de cola branca, escorrendo vagarosamente da colher. Esse glacê diluído será usado para preencher os espaços dos biscoitos delineados pelo glacê do saco de confeitar. Lembre-se de também manter as tigelinhas cobertas, ou se ressecarem, vá hidratando aos pouquinhos novamente.

Você também vai precisar de pinceis finos (que obviamente devem ser usados somente para fins culinários) e palitos de dente.

Disponha os biscoitos em uma bandeja e comece a contorná-los com o glacê do saco de confeitar. Em seguida, com o auxílio de uma colherinha, despeje um tantinho de glacê diluído na área delimitada pelo glacê do saco e espalhe com o pincel. Enquanto o glacê diluído ainda estiver molhado, você pode adicionar detalhes usando glacê diluído de outra cor com a ajuda de um palito de dente. Quando o glacê diluído tiver secado, se desejar você pode adicionar detalhes usando o glacê do saco.

Deixe os biscoitos secarem muito bem antes de embalá-los. Fica bacana embalá-los em saquinhos individuais (conforme foto acima), pois assim eles continuam firmes.


Onde comprar ingredientes e materiais em São Paulo (são somente algumas sugestões de fornecedores onde eu costumo comprar - alguns têm loja virtual):

Aloíse Festas - Mercado da Lapa, Boxes 54 e 56
Barra Doce 
Central do Sabor 
Chocolândia
Bondinho 

Meu antigo blog de confeitaria: S.O.S. Doçura